Entre em contato conosco:
41 3015-0841 | 41 98514-7134

Cury Clínica Odontológica

Blog

Entenda a causa de dentes tortos

  • Ortodontia e Ortopedia facial
  • 24 de setembro de 2017
  • Dr. Marcio Gulin Cury

Dentes tortos são considerados um problema por muitas pessoas principalmente por questões estéticas. No entanto, eles podem causar danos também à mastigação, dores de cabeça e até dor nas costas.

Além da parte estética que muitas vezes faz o paciente procurar o tratamento com aparelhos, a questão funcional é extremamente importante, pois um desiquilíbrio na parte mastigatória, na parte desenvolvimento e de posição tridimensional da mandíbula e dentes pode refletir em diversas aspectos relacionados a saúde do indivíduo como: dores e estalidos na articulação temporo mandibular, dores de cabeça, enxaquecas, problemas respiratórios e de sono, dores na região de cabeça e pescoço e outras desordens. Estas, por fim podem gerar problemas de ordem até emocional com depressão, problemas de concentração,etc. A Ortodontia e Ortopedia Facial que fazemos é muito mais que dentes alinhados e um sorriso bonito!

Primeiramente, vamos entender por que os dentes entortam, e se há maneiras de prevenir o problema desde cedo. A seguir, saiba também quais os possíveis tratamentos para alinhá-los.

Principais causas

Há muitas razões para os dentes entortarem, e algumas estão fora do nosso controle. Conheça as principais:

  • Genética

    Características como o tamanho dos maxilares e da mandíbula, assim como o tamanho dos dentes, são hereditários. Quando os maxilares são pequenos, até mesmo dentes de tamanho regular podem não ter espaço suficiente para se alinharem corretamente. Ou, muitas vezes, os dentes podem ser maiores do que o padrão, e da mesma forma terão dificuldades para se encaixarem na arcada dentária.
  • Respiração pela boca

    Quando a criança respira pela boca, há uma série de consequências que, aos poucos, vão afetando o crescimento da mandíbula. A língua fica mais baixa, mais em contato com os dentes inferiores; a criança projeta a cabeça para a frente, gerando problemas posturais, e a inversão da passagem do ar afeta a mandíbula e o alinhamento dos dentes. Por isso, é importante consultar um otorrinolaringologista quando perceber que a criança respira incorretamente.
  • Criança dormindo e chupando dedoHábitos na infância

    Hábitos como chupar chupeta ou o dedo afetam toda a estrutura do maxilar e da mandíbula. Uma das consequências é tornar o céu da boca mais profundo e mais estreito, facilitando o apinhamento dos dentes por falta de espaço. Pressionar a língua contra os dentes com frequência, morder objetos e roer a unha também são hábitos que propiciam o desalinhamento dos dentes, por serem um estímulo constante contra eles.
  • Alimentação não balanceada

     A alimentação atualmente se baseia muito em alimentos industrializados, que exigem menos trabalho dos dentes. Isso faz com que eles sofram pouco desgaste e permaneçam muito grandes, dificultando o alinhamento. Controlar o consumo de alimentos industrializados, e ter uma alimentação balanceada, pode ser um diferencial para dentes alinhados.

Tratamento

O tratamento ideal para dentes tortos é o uso de aparelho ortodôntico. É interessante consultar o dentista sobre o alinhamento dos dentes desde o momento da troca da dentição, por volta dos 6 anos de idade. Assim, o dentista poderá orientar também sobre formas de prevenção, se necessário.

Aparelho ortodônticoO uso do aparelho ortodôntico costuma iniciar na adolescência, quanto antes melhor. Porém, adultos também podem e devem recorrer à ortodontia para alinhar os dentes.

Para incentivar o tratamento, hoje há também diversas opções de aparelhos estéticos para realinhar os dentes tortos de maneira mais discreta, como os transparentes e o invisalign.

O importante é, primeiramente, consultar o dentista para definir um plano de tratamento personalizado.

Faça seu Agendamento