Entre em contato conosco:
41 3015-0841 | 41 98514-7134

Cury Clínica Odontológica

Blog

O uso da chupeta é prejudicial?

  • Odontopediatria
  • 02 de agosto de 2016
  • Dr. Marcio Gulin Cury

Muitos pais têm dúvidas sobre se o uso da chupeta é prejudicial para a saúde bucal do bebê. Na verdade, no início de seu desenvolvimento, até cerca de 2 anos de idade, ela pode ser utilizada sem gerar problemas. Após essa idade, seu uso pode começar a prejudicar a estrutura da arcada dentária do bebê, criando uma desarmonia.

O uso prolongado da chupeta leva os dentes a serem forçados, o que pode prejudicar sua forma e encaixe. O nível do dano causado depende de alguns fatores: frequência (por quanto tempo ela é utilizada); intensidade (a força que o bebê aplica na sucção) e duração (quantos meses ou anos de sucção).

chupeta

Por essas razões, é importante que os pais controlem a frequência do uso da chupeta ao longo do dia. Normalmente, o bebê sente a necessidade do hábito quando está com sono ou sob alguma tensão emocional, uma vez que a chupeta lhe traz consolo e segurança. Os pais devem, portanto, oferecê-la somente nesses momentos em que o bebê solicitar, e retirá-la assim que ela não for mais necessária.

Como reduzir o tempo de uso da chupeta

A forma mais importante de evitar seu uso prolongado é por meio do aleitamento materno. O tempo ideal de amamentação é de pelo menos seis meses: estudos mostram que bebês que são amamentados no peito por esse período estão menos propensos a desenvolverem hábitos de sucção como a chupeta.

Além disso, quando os pais sentirem que é o momento de eliminar o hábito, devem consultar o odontopediatra. Ele irá orientá-los sobre uma forma não traumática de retirar o hábito gradualmente. O principal é cuidar para, aos poucos, diminuir o tempo de contato da criança com a chupeta.

Fonte: "Uso de chupeta", Associação Brasileira de Odontopediatria.

Faça seu Agendamento