Entre em contato conosco:
41 3015-0841 | 41 98514-7134

Cury Clínica Odontológica

Blog

Odontologia Estética

  • Odontologia Estética
  • 09 de setembro de 2013
  • Dr. Marcio Gulin Cury

Um dos motivos principais que levam as pessoas ao dentista é a odontologia estética. Pensando nisso, hoje trazemos algumas dicas e informações sobre o clareamento dental.

Primeiro, veja alguns fatores que levam ao aparecimento de manchas nos dentes:

  • o processo natural de envelhecimento;
  • fumar ou mascar tabaco;
  • beber café, chá ou vinho tinto, e ingerir alimentos pigmentados, como frutas vermelhas;
  • acúmulo de placa ou depósito de tártaro;
  • ingestão excessiva de flúor quando os dentes estão se formando;
  • tratamento com antibióticos à base de tetraciclina durante a infância;
  • trauma nos dentes.

O clareamento pode ser feito no consultório e / ou em casa. Para o tratamento, é utilizado um gel branqueador, que oxida as manchas existentes. Antes de iniciar o procedimento, o paciente deve tratar as cáries, e as gengivas devem estar saudáveis.

Clareamento no consultório

Esse procedimento necessita de algumas sessões para obter o resultado desejado, cada uma com duração de 30 minutos a 1 hora. O tratamento se dá a partir da aplicação de um agente oxidante nos dentes, após a devida proteção das gengivas. A cada sessão, os dentes ficam entre quatro e seis graus mais claros.

Clareamento em casa

Para o tratamento em casa, o dentista tira moldes de sua boca, criando bandejas a partir deles. O paciente coloca uma fina camada de gel nelas, e pode usá-las durante o sono. A maior parte do processo acontece em cerca de uma a duas semanas - em casos mais difíceis, esse período pode se estender por até seis semanas.

O mais indicado é que o paciente opte pela combinação desses dois procedimentos, o que geralmente resulta em um clareamento de 12 a 15 graus. É importante lembrar, também, que uma maior sensibilidade dos dentes durante o tratamento é normal.

Faça seu Agendamento