Bruxismo: saiba mais sobre causas, consequências e como tratar

  • Cury Clínica Odontológica
  • 26/09/2018
  • Ortodontia e Ortopedia facial

O ato de ranger os dentes dormindo pode ter um impacto na saúde e na qualidade de vida de crianças e adultos em todo o mundo. A Associação Brasileira de Odontologia (ABO) estima que cerca de 40% da população brasileira sofre de bruxismo.

Possivelmente o maior obstáculo para o diagnóstico é o fato de o problema ocorrer durante o sono. Aqueles que têm bruxismo dentário e dormem sozinhos talvez só descubram o problema quando os efeitos colaterais começam.

Por isso, as visitas ao dentista e os cuidados com a saúde bucal devem ser frequentes. Compreenda mais sobre o assunto e aprenda a identificar os sinais e sintomas do bruxismo lendo o artigo de hoje. Boa leitura!

O que é o Bruxismo? Como ele acontece?

O bruxismo é uma condição caracterizada pelo hábito involuntário de ranger ou apertar os dentes, que pode ocorrer tanto durante o sono quanto em momentos de vigília. Muitas pessoas podem não estar cientes de que sofrem de bruxismo até que sintomas mais graves se manifestem. As causas desse distúrbio são variadas, incluindo fatores como estresse, ansiedade, problemas de oclusão dental e outros distúrbios do sono.

Quais são as consequências do Bruxismo?

As consequências do bruxismo podem ser significativas, afetando tanto a saúde bucal quanto o bem-estar geral. Entre os problemas mais comuns estão o desgaste dental, fraturas nos dentes, dores na mandíbula, cefaleias tensionais e distúrbios do sono. Esses efeitos podem levar a complicações mais sérias se não forem tratados adequadamente.

O tratamento do bruxismo envolve uma abordagem multifacetada, que pode incluir o uso de protetores bucais, terapias de relaxamento, ajustes dentários e, em alguns casos, medicamentos. Consultar um dentista é essencial para obter um diagnóstico preciso e um plano de tratamento personalizado. Entender as causas e consequências do bruxismo é o primeiro passo para um tratamento eficaz e para a prevenção de complicações futuras.

Mulher em uma consulta ao dentista para tratar seu bruxismo.

Quais são os principais sintomas? Como diagnosticar?

O bruxismo pode ser difícil de identificar, especialmente porque muitas pessoas não estão cientes de que rangem ou apertam os dentes durante o sono. No entanto, existem vários sintomas que podem indicar a presença desse distúrbio:

  1. Desgaste Dental: O ranger dos dentes pode causar um desgaste anormal nas superfícies dentais, levando a dentes achatados ou lascados.
  2. Sensibilidade Dentária: Devido ao desgaste do esmalte, os dentes podem se tornar mais sensíveis ao calor, ao frio e a alimentos doces.
  3. Dores na Mandíbula: A tensão muscular causada pelo bruxismo pode resultar em dores na mandíbula, pescoço e até mesmo nos ombros.
  4. Dores de Cabeça: Muitas pessoas com bruxismo relatam dores de cabeça, especialmente ao acordar, devido à pressão excessiva nos músculos da mandíbula.
  5. Ruídos ao Ranger os Dentes: Às vezes, outras pessoas podem ouvir o som dos dentes rangendo durante o sono.
  6. Distúrbios do Sono: O bruxismo pode estar associado a outros distúrbios do sono, como apneia do sono, e pode afetar a qualidade do sono.
  7. Desconforto ao Mastigar: A mastigação pode se tornar dolorosa ou desconfortável devido à inflamação dos músculos da mandíbula.
  8. Fraturas Dentais: Em casos mais graves, o bruxismo pode levar a fraturas ou quebras dos dentes.

Diagnosticar o bruxismo envolve uma avaliação abrangente por um dentista ou profissional de saúde. O processo começa com uma revisão completa do histórico médico e dental do paciente, incluindo a descrição dos sintomas e possíveis fatores de estresse.

Em seguida, é realizado um exame minucioso dos dentes, mandíbula e músculos da face para identificar sinais de desgaste dental, sensibilidade e tensão muscular. Relatos de parceiros de sono também podem ser úteis para identificar sons de ranger dos dentes durante a noite. Radiografias dentárias são utilizadas para avaliar o impacto do bruxismo nos dentes e nas estruturas ósseas.

Em alguns casos, pode ser recomendado um estudo do sono (polissonografia) para avaliar a ocorrência do bruxismo e sua relação com outros distúrbios do sono, como a apneia. Identificar os sintomas e realizar um diagnóstico preciso é crucial para o tratamento adequado do bruxismo e para a prevenção de danos a longo prazo.

E quais são os possíveis tratamentos?

Existem métodos que podem reduzir o problema e geralmente não são invasivos. A intervenção cirúrgica só é necessária em casos mais graves, quando o paciente tem problemas respiratórios mais graves.

O uso de uma placa de bruxismo é o tratamento mais comum. Trata-se de um dispositivo que alivia o desconforto nas articulações da mandíbula e protege os dentes de danos futuros. Por não ser invasivo, esse é um dos métodos mais simples de controle. Em geral, o uso de medicamentos não é recomendado e há poucas contraindicações. O paciente receberá uma placa acrílica que atenda ao formato da sua arcada dentária após a consulta com o dentista e vários exames.

Dentista colocando a placa para tratamento de bruxismo em sua paciente.

Além da placa, existem outras possibilidades de tratamento:

  1. Terapias de Redução do Estresse: Técnicas como meditação, ioga e terapia cognitivo-comportamental para reduzir a ansiedade.
  2. Ajustes Dentários: Correções na mordida através de restaurações dentárias ou tratamentos ortodônticos.
  3. Medicamentos: Relaxantes musculares, antidepressivos ou ansiolíticos para aliviar sintomas e tratar causas subjacentes.
  4. Fisioterapia: Exercícios e técnicas de massagem para melhorar a função muscular e reduzir o desconforto.
  5. Mudanças no Estilo de Vida: Evitar cafeína e álcool antes de dormir, manter uma rotina de sono regular e criar um ambiente de sono tranquilo.

O tratamento do bruxismo deve ser personalizado e ajustado às necessidades de cada paciente. Consultar um dentista é essencial para obter um diagnóstico preciso e um plano de tratamento eficaz.

Como a Cury Odontologia pode auxiliar nesse processo?

Portanto, identificar o tratamento adequado para o seu caso é essencial. Busque por uma clínica odontológica que tenha profissionais capacitados e preparados para atender às suas necessidades. Quanto mais rápido o diagnóstico, mais rápido o problema será solucionado e melhor será sua qualidade de vida. 

Venha até a nossa clínica! Cury Odontologia, há 20 anos fazendo o melhor por você e por sua saúde.

Dr. Marcio Gulin Cury
CRO-PR 14.875

Dr. Márcio Cury, formado pela Universidade Federal do Paraná em 2002. Ao longo desses 22 anos, ajudamos mais de 10 mil pessoas a realizarem seu sonho e tratamento, seja para obterem mais saúde, melhor função mastigatória ou estética. Nossa equipe na Clínica Odontológica Cury é especializada em diversas áreas da Odontologia e está pronta para cuidar da sua saúde com excelência.

DIAGNÓSTICO E
TRATAMENTOS DIVERSOS

(41) 3015-0841

|

(41) 98514-7134

NOSSAS UNIDADES

  • (41) 98514-7134
  • contato@ortodontiacuritiba.com.br
  • 08h às 18h
  • Estacionamento próprio
  • Rua Tibagi, 294, CJ. 1001 e 1002 - Centro (Próximo ao teatro Guaíra) Curitiba/PR