Entre em contato conosco:
41 3015-0841 | 41 98514-7134

Cury Clínica Odontológica

Blog

Ortopedia dos Maxilares: o que é e como influencia no seu dia a dia?

  • Ortodontia e Ortopedia facial
  • 26 de maio de 2021
  • Dr. Marcio Gulin Cury

A busca pelo sorriso harmônico tem sido, ultimamente, um dos principais objetivos das pessoas quando vão procurar por profissionais dentistas. Com a Ortopedia Facial, a Odontologia foi além de técnicas restauradoras ou que visam otimizar exclusivamente a saúde bucal. 

A Ortopedia Facial, por exemplo, busca melhorar e promover, além das funções essenciais da boca — como mastigação, fonação (comunicação) e deglutição (ato de engolir) —, um sorriso mais bonito e que atenda às necessidades do paciente em conjunto com o correto tamanho e posição dos maxilares, melhorando a face e diversas funções importantes, como a respiração por exemplo.

Por isso, neste texto, trouxemos para você algumas informações sobre o que é a Ortopedia Facial e como ela influencia no seu dia a dia. Vem com a gente!

O que é Ortopedia Facial?

A área da odontologia que objetiva, em linhas gerais, melhorar a aparência dos dentes, logo dos sorrisos das pessoas, é chamada de ortodontia estética. Contudo, como visto acima, esta atividade não se limita a apenas promover resultados harmônicos às pessoas: não significa somente deixar os dentes mais brancos e alinhados.

Ou seja, um alinhamento correto dos dentes, na medida em que compõe um encaixe perfeito dos dentes, facilita a função mastigatória, muscular e articular dos maxilares, resultando em alguns benefícios na saúde geral (como a melhora na dicção, por exemplo).

A causa de problemas e disfunções ortodônticas que podem acometer as pessoas pode ser hereditárias e comportamentais (como a sucção de chupetas ou dedo por muito tempo, respiração bucal ou a perda precoce de dentes de leite) podendo, também, ser a combinação de ambas as causas.

Em suma, o profissional que exerce a função de especialista em Ortodontia e Ortopedia trabalha para tornar o sorriso, além de mais harmônico, mais funcional, o que resulta no ganho de autoestima das pessoas.

Possíveis consequências em deixar a Ortopedia Facial de lado:

A Ortopedia Facial é essencial àqueles que desejam viver uma vida mais plena em relação à sua saúde bucal. Exemplificando, existem alguns problemas que podem estar associados aos dentes e maxilares desalinhados, tais como:   

  • Problemas respiratórios: arcadas e dentes bem desenvolvidos e harmônicos são fundamentais para o correto posicionamento da língua e para correta respiração. Só para pensar: o nosso “céu da boca” é o assoalho da fossa nasal;
  • Enxaqueca: dentes desalinhados podem sobrecarregar a Articulação Temporomandibular (ATM), elevando os níveis de tensão na região do crânio, provocando intensas dores de cabeça;
  • Dores de ouvido: além da enxaqueca, essa pressão da ATM causada pelos dentes desalinhados pressionam também os nervos do canal auditivo, levando o paciente a ter dores de ouvido constantes;
  • Dores na coluna: a coluna mantém um contato direto com a mandíbula por meio de um tecido conjuntivo chamado fáscia. A disfunção da ATM abre caminho para a passagem de estímulos dolorosos que percorrem toda a extensão deste tecido, que pode ser sentido na região da coluna.
  • Problemas posturais: mais raros que as condições citadas acima, a falta de encaixe dos dentes (resultado do bruxismo, do prognatismo ou de outras situações) é compensada a partir da inclinação da cabeça, causando interferências na postura corporal e resultando em dores na região da coluna cervical.

Quais os benefícios da Ortopedia Facial?

São inúmeras as vantagens proporcionadas a quem opta pela Ortopedia Facial:

  • A mastigação, que detém grande influência na digestão de alimentos, deve agir da melhor forma possível. Com próteses dentárias, por exemplo, ela pode ser corrigida. 
  • Somada à uma melhora na mastigação, uma mordida correta pode melhorar distúrbios de sono e o ronco, agindo também na prevenção de problemas futuros aos dentes, gengivas e ao ranger de dentes.
  • O uso de próteses para a reposição de dentes revela um sorriso mais bonito, melhorando a autoestima e confiança das pessoas.
  • Também há uma melhora na fala ou dicção, pois com os dentes alinhados a partir do uso de próteses ou dos tratamentos da ortodontia estética são preenchidas as lacunas causadas pela falta de algum dente (que podem ter efeito sobre a dicção).
  • A combinação de tratamentos ortodônticos — a partir da combinação de cirurgia e ortodontia — podem melhorar algumas deficiências congênitas como o desvio de septo, fenda labial ou palatina.
  • Dentes alinhados e corretamente espaçados são mais fáceis de limpar, possuem menores probabilidades de se tornarem cariados ou ter desgastes irregulares.

6 tipos de procedimentos Odontológicos Estéticos, que podem ser executados após a Ortopedia Facial em adultos.

Diversos são os procedimentos odontológicos de caráter estético que podem ser indicados aos pacientes de acordo com suas necessidades. Alguns deles são citados a seguir:

1. Branqueamento dentário

É conhecida como uma das soluções mais simples, econômicas e procuradas pelas pessoas na tentativa de melhorar o sorriso. Pode ser feito no próprio consultório do dentista ou em casa (após a consulta).

Pode ser interno (feito em clínicas) ou externo (feito em casa ou também em clínicas). Aqui é importante não usufruir dos produtos sem consulta prévia ou indicações profissionais, pois o uso inadequado de tais produtos podem causar efeito inverso — escurecendo, desgastando e até quebrando os dentes.

2. Lentes de contato

Este procedimento consiste na aplicação de camadas finas de porcelana ou resina sobre a face dos dentes. Este processo compreende a remoção de alguns milímetros do esmalte do dente para posterior posicionamento de tais lentes que são coladas ao dente. As lentes podem alterar o tamanho, cor ou forma dos dentes, melhorando a aparência do sorriso.

3. Overlays e Tabletops

Trata-se de um processo de ligação de um material durável e resistente de coloração semelhante aos dentes originais da paciente, sendo geralmente resinas, que são aplicadas sobre os dentes e endurecidas por meio de laser. É muito comum em casos de dentes parcialmente quebrados, trincados ou desgastados.

São moldadas e polidas de acordo com a boca de cada um, sendo papel do profissional oferecer o formato mais natural possível.

4. Coroa dentária

Também chamada de “jaqueta”, este procedimento pode restaurar ou substituir uma arcada dentária inteira. Seu objetivo primordial é respeitar a forma, o tamanho, a força e a aparência dos dentes danificados. As coroas podem ser feitas de porcelana ou outro material estético ou a mistura dos dois materiais.

5. Obturações dentárias

As obturações dentárias objetivam preencher dentes perfurados, cáries e problemas em geral causados por algum outro motivo. Podem ser constituídas de porcelana, resina e outros materiais estéticos. Procuram preservar a maior quantidade do dente original possível e podem ser uma alternativa às coroas dentárias.

6. Implantes dentários

Eles substituem dentes faltantes, podendo ser feitos de diversos materiais — dente titânio até porcelana. O procedimento inicia-se a partir da inserção de uma raiz no local onde antes estava o dente que se perdeu. Neste caso, com o tempo, a cicatrização do implante ao osso vai fixando-o no lugar, o que possibilita a instalação de uma coroa ou ponte estética fixa ao implanter. Assim como a coroa dentária, pode ser realizada em um único ou vários dentes, podendo ainda compor toda uma arcada dentária.

Outros tratamentos oriundos da Odontologia estética que contribuem para uma melhor saúde bucal e que influenciam no dia a dia das pessoas são as cirurgias gengivais (excesso ou retração), bichectomia, preenchimento labial ou aplicação de toxina botulínica, dentaduras, aparelhos dentários, alinhadores dentais, ortopedia funcional dos maxilares, cirurgias reparadoras de mandíbula, entre outros.

---

Agende já um horário para saber mais informações e busque já pelo tratamento ideal para você!

Faça seu Agendamento